DELIVERY (21) 3507-6338 | WHATSAPP (21) 99924-0022
SIGA A GENTE
Top
21 dez

Saiba identificar os diferentes tipos de carnes nobres

Já pensou em fazer um delicioso assado e na hora de servir perceber que a carne não está a altura do que gostaria de oferecer aos seus convidados?  Ou aquele churrasco em que todo mundo reclama que falta maciez à carne? Quando a qualidade não é boa, nem mesmo uma picanha consegue agradar os paladares mais apurados, não é mesmo?

Então, para fugir das armadilhas na hora de escolher o tipo de carne que você vai usar, é importante conhecer a origem e a credibilidade do local que está vendendo a peça, afinal, a qualidade faz muita diferença.

O fato é que para fazer sucesso em um jantar para os amigos ou para a família, não basta apenas escolher uma boa picanha. É importante reconhecer a qualidade e também entender para que tipo de prato o corte é mais apropriado.

Por isso, preparamos uma lista especial para você saber quais são os principais tipos de carnes nobres e usar a criatividade na cozinha.

Confira abaixo!

Picanha

A queridinha dos churrasqueiros você encontra também na Montenegro Carnes

Começamos pela queridinha de muitos churrasqueiros. Na hora de escolher, a dica para que a peça seja realmente de boa qualidade é verificar a coloração, que deve ser bem avermelhada e deve ter no máximo 7 cm. Nem pense em retirar a capa de gordura, pois é ela que vai manter o saber a maciez da carne quando for para a grelha.

E mais: não se prenda só ao churrasco! A picanha também é uma ótima pedida para bifes, assados e carne de panela.

Terminamos com uma curiosidade: em cada boi, há no máximo 1,1 kg de picanha. Portanto, se a peça vier acima desse peso, significa que ela não veio totalmente separada do coxão duro.

Short Rib

Só na Montenegro Carnes você encontra peças de Short Rib da melhor qualidade e procedência de origem

Você sabe o que é exatamente um Short Rib? São os primeiros cinco ossos da costela, que não fazem bons bifes. A carne entre estes ossos é a de um músculo que é usado pesadamente pelo boi e, consequentemente, é muito dura mas também rica em sabor.  Quando cortarmos a carne desses ossos, chamamos de costelas curtas. 

A short ribs tem dois estilos de cortes. O primeiro é o mais tradicional, conhecido como estilo inglês. Nesse formato é um estilo pequeno pedaço da costela com uma deliciosa carne. Esse corte é mais indicado para fazer assados, cozinhando lentamente para não perder a suculência e o sabor.

A outra maneira de cortar as costelas é chamada de estilo churrasco, em tiras contendo três ossos e a carne entre as costelas. Esta é uma bela apresentação e é também perfeito para assar ou cozinhar lentamente em panela. Vale a pena tentar fazer em casa!

Bife de Tira

Este é um delicioso corte argentino muito apreciado pelos apaixonados por churrasco. A peça é feita a partir da picanha ou do chorizo (miolo do contrafilé) no sentido do comprimento, formando tiras grossas no sentido das fibras da carne. Este bife possui uma camada de gordura que deixa a carne muito saborosa.  Aliás, aí vai a dica: jamais retire a gordura, pois ela que mantém a carne suculenta e macia.

Fica excelente em grelhas ou mesmo em frigideira no fogão.

Osso Buco (em inglês: shank steak, shank cross cut)

A iguaria tem origem na cozinha italiana, mais precisamente, de Milão, e quer dizer “osso furado” em português. Ideal para pratos com molhos, como ragu, sopas, cozidos e guisados, o Osso Buco é um músculo bovino localizado acima da canela a abaixo do joelho com osso. É uma carne muito saborosa, que possui no centro do bife, o osso (tíbia) com tutano, que dá mais sabor ao prato e que pode ser servido à parte.

Na Itália, há várias maneiras de ser preparado. A mais comum é à milanesa, com azeite, alho, manjerona, tomilho, mirepoix, vinho e caldo.

Prime Rib

A Prime Rib é retirada da caixa torácica superior da costela. Conhecida como costela premium, é uma carne nobre muito saborosa e de qualidade incomparável. Você pode levar pra a grelha, mas não esqueça de assar primeiro pelo lado do osso. As mais conhecidas são Angus e Wagyu.

 

T-bone (em inglês: T-bone stak)

O já famoso corte em formato em T é um dos prediletos para quem deseja fazer bifes, grelhados e, claro, é muito usado para churrascos, podendo também ser usado para o preparo de rosbife. A carne é bem macia e suculenta e tem origem no corte transversal da parte caudal do contrafilé. Possui parte do filé mignon também. 

Fraldinha

A Fraldinha também é muito famosa nos churrascos. Quem não adora degustar uma fraldinha bem temperada com amigos ou com a família? Também conhecida como bife do vazio, é um corte pequeno, de fibras longas, retirado da parte posterior da costela do traseiro do boi. Além do churrasco, é indicada também para fazer cozida, recheada, em ensopados e sopas.

Contra Filé

Um bife de contrafilé sempre cai bem, não é mesmo? O corte tem esse nome justamente por ser separado do filé mignon apenas pelas vértebras lombares. Possui fibras curtas, o que deixa a carne mais macia e saborosa.

 

Ficou com água na boca?

Conheça os nossos produtos

 

 

Picanha

Costela suína

 

 

 

 

 

 

 

Cordeiro

Comments
  • Lindalia Reis
    21/12/2016, 22:26

    Ta lindo!!!!

Deixe um comentário